My Squad Talks: um papo com a mulher maravilha Dani Noce!

Essa brasiliense é extremamente multifacetada e você já deve ter visto esse rostinho em muitos lugares por aí. Apaixonada por moda (aliás, essa é a formação acadêmica da moça!), Danielle Noce (@nocedanielle) abraçou a confeitaria e deu vida ao blog I Could Kill For Dessert, que virou canal no YouTube (que hoje conta com quase dois milhões de inscritos) e até programa de televisão no Food Network.

Mas muito além dos doces, Dani é conhecedora do mundo e A-M-A viajar. Em seu passaporte há carimbos da Florença, na Itália, a capital inglesa Londres, Paris e Nova York e ela manja bastante sobre os destinos mais bacanas para viajar.

Quer saber mais sobre esssa chef/confeiteira/escritora/apresentadora/mulher de negócios? A My.f.t. bateu um papo com a integrante do nosso querido Squad. Vem com a gente!

 

Dani, quando lemos seu perfil, vemos que você é youtuber, escritora, diretora, chef confeiteira e muito mais! Como você se tornou essa mulher incrível com tantas funções?

Na verdade não tive muita opção! Hahaha. Quando você é empresário no Brasil, você acaba tendo que acumular inúmeras funções e entender vários assuntos senão acaba não dando conta. E foi assim desde a época em que tínhamos lojas e acabou que continuei acumulando funções quando passei a gravar os vídeos pro YouTube. Não que não seja cansativo, mas é super gratificante quando os projetos ficam prontos e saem do papel!

 

Dentre todos os seus trabalhos no momento, qual é aquele que você mais ama?

Com certeza é produzir conteúdo! Independente se for vídeo ou foto! É onde sinceramente meu lado artístico se realiza! Mas também sou muito feliz quando estou resolvendo contratos ou desenvolvendo projetos novos para empresas.

 

Você é aventureira nos negócios. Como foi o processo para se tornar uma empreendedora de sucesso?

Ahhh eu me acho até bem conservadora, haha. Pelo menos é o que o meu gerente do banco diz 🙂 Mas realmente pra quem vê de fora não são profissões comuns ou que no geral “dariam certo”. Aliás nem curto muito essa expressão, pois o que é dar certo, não é mesmo? Mas voltando ao processo, ele tem muito a ver com 99% de muito esforço, muito trabalho, dedicação, horas sem dormir e 1% de inspiração. Penso que quem nasceu pra ser empresário no Brasil não consegue ser funcionário, pois é realmente viver de incertezas. Você tem certeza do que quer e de como realizar, mas não tem certeza nenhuma que vai dar certo. Sem contar que não tem nenhum dos benefícios de ser funcionário, como por exemplo um mês de férias, que nossa, eu estou precisando, haha!

Sempre vemos você viajando por aí e explorando novas culturas. O que você mais gosta de fazer quando viaja?

O que eu mais amo é a natureza! Sou viciada em road trip! Pegar estrada, com um som no talo e vendo paisagens incríveis!

Qual o lugar mais incrível que você conheceu?

Com certeza a Patagônia Chilena e a Islândia estão no meu coração! Preciso voltar o quanto antes pra esses lugares.

 

E qual seu destino dos sonhos?

Japão e Tailândia!

 

Você trabalha com seu marido, Paulo. Como é isso?

É muito bom! Não é que não existam discussões sobre os mais diversos assuntos e claro muitas diferenças, mas ao mesmo tempo é ótimo saber que alguém está sempre do seu lado e você também do lado da pessoa e sempre os dois juntos querendo o melhor para o negócio que construíram!

 

Qual a sua gastronomia favorita? Parisiense, italiana, brasileira…

Depois da viagem que acabei de fazer pra Roma vou ter que falar a italiana! Mas isso muda o tempo todo, hahaha.

 

Qual sua receita favorita? E a do Paulo? Vocês cozinham juntos?

Eu amo sorvete! Qualquer tipo! Paulo é apaixonado por um bom pastel! E sim, à noite sempre estamos juntos fazendo nosso jantar.

 

Tem alguma receita que você já tentou fazer inúmeras vezes e não deu certo? Qual foi o final dessa história?

Inúmeras vezes não, mas já tentei uma vez fazer bolo de rolo, não deu muito certo e nunca mais voltei a tentar.